Perguntas mais freqüentes


site

O que é um Custom Rod Builder?

Custom Rod Builder, traduzido literalmente, é um construtor de varas sob encomenda. Na verdade é um artesão, que através de algum processo de aprendizado (vídeo, literatura ou professor), foi treinado para montar varas de pesca.

Qualquer um pode ser um montador de varas?

A princípio, sim. No entanto, nos EUA, três categorias são perfeitamente definidas: — o montador por hobby, que aprendeu através de literatura ou vídeos, compra materiais em kits e monta suas próprias varas.

— o amador, que possui um curso básico, ministrado em associações ou por profissionais e monta suas varas e de amigos.

— o profissional, com diversos cursos de aperfeiçoamento, incluindo decorações e construção de tubos, que vive exclusivamente da montagem de varas.

Esses profissionais, geralmente, são responsáveis pela montagem de varas em lojas, de competidores de campeonatos e, muitas vezes, trabalham como assessores de grandes indústrias de varas e tubos. Muitos deles desenvolvem uma grife própria, com materiais tecnologicamente mais avançados.

 

Existem montadores profissionais no Brasil?

Infelizmente não existem cursos especializados no Brasil para formar montadores de varas. Assim, com exceção de raríssimos profissionais que fizeram curso nos EUA ou desenvolveram seu trabalho durante mais de quinze anos, só existem montadores da categoria Hobby.

Qual a diferença entre uma vara montada por um amador e por um profissional?

Um amador, a princípio, desconhece a maioria das questões relativas as propriedades das varas. Além disso, por possuir um conhecimento restrito às varas mais simples, não consegue definir uma técnica própria e adaptar um tubo às diversas modalidades e usos que ele poderá ter.

Dessa forma, um montador amador poderá até montar um ou outro tipo de vara corretamente, mas hoje, em todas as modalidades, existem mais de cinco mil tipos diferentes de tubos e somente um profissional atualizado e altamente competente poderá satisfazer plenamente as grandes exigências do público de pesca brasileiro.

A vara montada a mão custa mais caro que a similar industrialmente montada?

Nos EUA, um bom profissional cobra cerca de US$ 200,00 (duzentos dólares), somente de mão de obra, para montar uma vara. Dependendo da técnica empregada e do tipo de vara esse valor pode elevar-se a mais de mil dólares.

No Brasil, no entanto, tais valores inviabilizariam a aquisição de varas customizadas e assim os parâmetros para estabelecimento do preço são as próprias concorrentes industrializadas ou similares em qualidade.

Mesmo assim, o uso de componentes (guias, cabos etc) de boa qualidade estabelece, muitas vezes, uma diferença superior nas varas montadas a mão.

Um grande exemplo é o caso das varas americanas da GLOOMIS. Uma vara montada a mão, corretamente, com passadores e reel seat Fuji, utilizando um tubo dessa fábrica é mais cara do que a original de fábrica, justamente pela grande diferença de custo entre os componentes utilizados pela Gloomis, mais baratos, e outros melhores e mais caros, como é o caso da Fuji. Mas nem todas as vezes temos esse tipo de diferença e muitas varas custam exatamente o que custaria nos EUA.

A vara montada a mão é melhor?

Sempre deveria ser, mas muitas delas, montadas por amadores, revelam-se verdadeiras catástrofes, apresentando defeitos que inviabilizam seu uso.

As varas corretamente montadas justificam plenamente a existência dos montadores. Não só pela melhora da qualidade dos componentes, o que por si só já representaria motivo suficiente, mas também pela correção de problemas que industrialmente seria impossível de eliminar.

Por que ter uma vara montada à mão?

O pescador não deve se adaptar a vara e sim a vara se adaptar ao pescador.

Uma vara montada à mão é como uma luva feita especialmente para sua mão. Ela é a concretização dos anseios do pescador.

A vara certa aumenta a performance do pescador, faz com que ele pesque melhor, mais confortavelmente e mais produtivamente.

A vara certa permite a evolução das técnicas de pesca e facilita o aprendizado para os iniciantes em novas modalidades.

Que tipos de varas são possíveis de ser feitas?

Como dissemos anteriormente, hoje existem mais de cinco mil tipos de tubos diferentes, o que nos permitiria dizer que existe uma vara para cada gosto e necessidade.

Assim, varas ultra leves com quatro metros, varas para pesca de praia para arremessos acima de trezentos gramas, varas de seis pés e vinte libras em três partes e muitas outras, existem, mas são totalmente desconhecidas pela maioria dos pescadores.

Como eu devo proceder para encomendar uma vara?

Quando você entra em uma loja e escolhe uma vara é como se escolhesse um terno pronto. O máximo que pode ser feito é o ajuste da barra e um pequeno aperto aqui e ali. Quanto ao resto, temos que nos contentar.

Uma vara sob encomenda é como um terno de um excelente alfaiate. O cliente escolhe o tecido, a cor, o estilo e o alfaiate, utilizando suas técnicas, de posse das medidas do cliente, confecciona um belíssimo terno, de caimento perfeito, moderno e que se ajusta perfeitamente ao seu cliente.

O cliente escolhe o tamanho da vara, o estilo e tamanho de cabo, a cor da linha nos passadores, o tipo de passadores, tudo adequado ao seu estilo de pesca e a modalidade que vai praticar. Quando desconhece os detalhes ou mesmo por preferir, é aconselhado por seu alfaiate que lhe apresenta os tecidos mais indicados e os diversos orçamentos relativos a eles. Assim, a vara é confeccionada com as técnicas mais modernas e de acordo com as exigências do pescador.

www.enchova.com